Feliz dia das crianças

_O1A2863

Era dia das crianças. Mas para mim era dia Do Professor Benevan, uma alma tranquila e inquieta ao mesmo tempo. Organizou com muito carinho uma festividade para os seus alunos. Bolo e refrigerante.

Cinco visitantes inesperados fizeram a diferença. Recusar ofenderia por constrangê-los e aceitar uma ofensa por desfalcá-los. Tudo contadinho, mas primorosamente realizado. A saída foi compartilhar. Dividir para multiplicar.

Ali o coração apertou. Forte. Ver aquelas carinhas cheias de alegria e brilho no olhar. Inevitável não pensar na minha filha que ficou em casa e certamente estaria celebrando o seu dia da criança regada a presentes e fartura. Emocionei-me e o que desejei não foi prover aquelas crianças com brinquedos prontos e uma mesa farta de açúcar e gordura saturada, mas queria ter capacidade de eu passar aqueles valores básicos a minha filha.

Hove brincadeiras e discurso emocionado e cheio de paixão do tão querido Professor Benevan, que ali nos ensinou que quem quer “faz a hora não espera acontecer”. Foi um feliz dia das crianças.

E viva aos professores como o Benevan.